quinta-feira, 25 de novembro de 2010

UM CORAÇÃO QUEBRANTADO DEUS NÃO DESPREZARÁ

"Os sacrifícios  para Deus são o espírito quebrantado; a um coração quebrantado e contrito não desprezarás , ó Deus" (Sl 51.17) 


Davi é um dos homens mais notáveis da Bíblia Sagrada, sendo considerado um homem segundo o coração Deus.Por meio de sua vida aprendemos valiosas lições de como servir e agradar a Deus, mas Davi experimentou vários períodos de crise espiritual, sendo uma delas, o adultério com Bate-seba, mas mesmo diante dessa catástrofe , aprendemos com Davi como devemos agir nos fracassos da vida:
OFERECER UM CORAÇÃO QUEBRANTADO À DEUS.
  
   O livro de Levítico é uma orientação divina revelada a Moisés de como os sacerdotes , levitas e o povo em  geral deveria se manter santo  diante de um Deus santo: oferecendo em sacrifício animais sem mácula,para perdão de seus pecados, e assim  ficarem livres da culpa. Mas no capítulo vinte, Moisés trata de pecados ou crimes inafiançáveis, ou seja, não havia como se livrar da culpa, não havia holocaustos para oferecerem e serem perdoados, pela lei, quem praticassem tais crimes só restavam a condenação e a condenação era a morte.(Lv 20). 
   A questão é que Davi adulterou com Bate-seba, e segundo a lei de Israel ele deveria morrer(Lv 20,10),mas porque Davi ao invés de morrer, alcançou o perdão de Deus?Porque ele era o rei?Porque tinha poder?Não!Porque ao invés de oferecer animais queimados sobre o altar,ele ofereceu um coração quebrantado à Deus, e um coração quebrantado Deus não despreza.
    Todos os homens estão sujeitos ao fracasso espiritual, mas se houver um verdadeiro arrependimento, que o leva a se quebrantar diante de Deus, alcançará perdão, restauração  e será vitorioso, para glória de Deus.UM CORAÇÃO QUEBRANTADO E CONTRITO DEUS NÃO DESPREZARÁS.


em Cristo


Valter de Oliveira
  

Um comentário:

Joaquim José Tinoco de Oliveira disse...

Amém irmão.

Achei importante e gostei de suas colocações e afinal o coração quebrantado significa a renúncia total e absoluta de tudo, do "eu", do "eu posso" do "eu quero" do "eu sou" do "eu tenho", etc., em fim o servo deve se posicionar de forma humilde diante de Deus ( Mq. 6.8).

I Sm 15.22 , nos proporciona uma orientação eficaz sobre como deve ser a conduta do Servo. Deus quer obediência a Sua Palavra e quando alguém insiste em se jusstificar faz como Saul ( Sm 15.23).

Um forte abraço